BlogBlogs.Com.Br

domingo, 2 de novembro de 2008

Cultura não faz mal

A LISTA DE COISAS QUE NÃO SABEMOS OU NÃO LEMBRAMOS ...
*
Os Três Reis Magos:
O árabe Baltazar: trazia incenso, significando a divindade do Menino Jesus.
O indiano Belchior: trazia ouro, significando a sua realeza.
O etíope Gaspar: trazia mirra, significando a sua humanidade.
*
As Sete Maravilhas do Mundo Antigo:
1 - As Pirâmides do Egito
2 - Os Jardins Suspensos da Babilônia
3 - O Mausoléu de Helicarnasso
4 - A Estátua de Zeus
5 - O Templo de Artemisa
6 - O Colosso de Rodes
7 - O Farol de Alexandria.
*
Os Sete Pecados Capitais
(Eles só foram enumerados no século VI, pelo papa São Gregório Magno (540-604), tomando como referência as cartas de São Paulo)
Gula
Avareza
Soberba
Luxúria
Preguiça
Ira
Inveja
*
As Sete Virtudes
(para combater os pecados capitais)
Temperança (gula)
Generosidade (avareza)
Humildade (soberba)
Castidade (luxúria)
Disciplina (preguiça)
Paciência (ira)
Caridade (inveja)
*
Os Sete dias da Semana e os 'Sete Planetas'
Os dias, nos demais idiomas- com excessão da língua portuguesa , mantém os nomes dos sete corpos celestes conhecidos desde os babilônios :
Domingo - dia do Sol
Segunda - dia da Lua
Terça - dia de Marte
Quarta - dia de Mercúrio
Quinta - dia de Júpiter
Sexta - dia de Vênus
Sábado - dia de Saturno
*
As Sete Cores do Arco-Íris:
Na mitologia grega, Íris era a mensageira da deusa Juno. Como descia do céu num facho de luz e vestia um xale de sete cores, deu origem à palavra arco-íris.
A divindade deu origem também ao termo íris, do olho.

Vermelho
Laranja
Amarelo
Verde
Azul
Anil
Violeta
*
Os Dez Mandamentos:
1º - Amar a Deus sobre todas as coisas
2º - Não tomar o Seu Santo Nome em vão
3º - Guardar os sábados
4º - Honrar pai e mãe
5º - Não matar
6º - Não pecar contra a castidade
7º - Não furtar
8º - Não levantar falso testemunho
9º - Não desejar a mulher do próximo
10º - Não cobiçar as coisas alheias
*
Os Doze Meses do Ano:
Janeiro: homenagem ao Deus Janus, protetor dos lares
Fevereiro: mês do festival de Februália (purificação dos pecados), em Roma;
Março: em homenagem a Marte, deus guerreiro;
Abril: derivado do latim Aperire (o que abre). Possível referência à primavera no Hemisfério Norte;
Maio: acredita-se que se origine de maia, deusa do crescimento das plantas;
Junho: mês que homenageia Juno, protetora das mulheres;
Julho: No primeiro calendário romano, de 10 meses, era chamado de quintilis (5º mês). Foi rebatizado por Júlio César;
Agosto: Inicialmente nomeado de sextilis (6º mês), mudou em homenagem a César Augusto; Setembro: era o sétimo mês. Vem do latim septem;
Outubro: Na contagem dos romanos, era o oitavo mês;
Novembro: Vem do latim novem (nove);
Dezembro: era o décimo mês
*
Os Doze Apóstolos:
1 - Simão Pedro
2 - Tiago (o maior)
3 - João
4 - Filipe
5 - Bartolomeu
6 - Mateus
7 - Tiago (o menor)
8 - Simão
9 - Judas Tadeu
10 - Judas Iscariotes
11 - André
12 - Tomé

Após a traição de Judas Iscariotes, os outros onze apóstolos elegeram Matias para ocupar o seu lugar.
*
Os Doze Profetas do Antigo Testamento:
1 - Isaías
2 - Jeremias
3 - Jonas
4 - Naum
5 - Baruque
6 - Ezequiel
7 - Daniel
8 - Oséias
9 - Joel
10 - Abdias
11 - Habacuque
12 - Amos
*
Os Quatro Evangelistas e a Esfinge

Lucas (representado pelo touro) .
Marcos (representado pelo leão).
João (representado pela águia).
Mateus (representado pelo anjo)
*
Os Quatro Elementos e os Signos
. Terra (Touro - Virgem - Capricórnio)
. Água (Câncer - Escorpião - Peixes)
. Fogo (Carneiro - Leão - Sagitário)
. Ar (Gêmeos - Balança - Aquário)
*
A quem se atribuía a inspiração das ciências e das artes
1 - Urânia (astronomia)
2 - Tália (comédia)
3 - Calíope (eloqüência e epopéia)
4 - Polímnia (retórica)
5 - Euterpe (música e poesia lírica)
6 - Clio (história)
7 - Érato (poesia de amor)
8 - Terpsícore (dança)
9 - Melpômene (tragédia)
*
Os Sete Sábios da Grécia Antiga:
1 - Sólon
2 - Pítaco
3 - Quílon
4 - Tales de Mileto
5 - Cleóbulo
6 - Bias
7 - Períandro
*
As Datas de Casamento:
1 ano - Bodas de Algodão
2 anos - Bodas de Papel
3 anos - Bodas de Trigo ou Couro
4 anos - Bodas de Flores e Frutas ou Cera
5 anos - Bodas de Madeira ou Ferro
10 anos - Bodas de Estanho ou Zinco
15 anos - Bodas de Cristal
20 anos - Bodas de Porcelana
25 anos - Bodas de Prata
30 anos - Bodas de Pérola
35 anos - Bodas de Coral
40 anos - Bodas de Rubi ou Esmeralda
45 anos - Bodas de Platina ou Safira
50 anos - Bodas de Ouro
55 anos - Bodas de Ametista
60 anos - Bodas de Diamante ou Jade
65 anos - Bodas de Ferro ou Safira
70 anos - Bodas de Vinho
75 anos - Bodas de Brilhante ou Alabastre
80 anos - Bodas de Nogueira ou Carvalho
*
Os Sete Anões:
Dunga.
Zangado .
AtchinSoneca.
Mestre.
Dengoso.
Feliz
*
Você Sabia ?
1 - Durante a Guerra de Secessão, quando as tropas voltavam para o quartel após uma batalha sem nenhuma baixa, escreviam numa placa imensa: ' O Killed ' (zero mortos).. Daí surgiu a expressão ' O.K. '. Para indicar que tudo está bem.
*
2 - Nos conventos, durante a leitura das Escrituras Sagradas, ao se referir a São José, diziam sempre ' Pater Putativus ', ( ou seja: 'Pai Suposto' ) abreviando em P.P .'. Assim surgiu o hábito, nos países de colonização espanhola, de chamar os 'José' de 'Pepe'.
*
3 - Cada rei no baralho representa um grande Rei/Imperador da história: . Espadas: Rei David ( Israel ) . Paus: Alexandre Magno ( Grécia/Macedônia ). Copas: Carlos Magno ( França ).. Ouros: Júlio César ( Roma )
*
4 - No Novo Testamento, no livro de São Mateus, está escrito ' é mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha que um rico entrar no Reino dos Céus '... O problema é que São Jerônimo, o tradutor do texto, interpretou a palavra ' kamelos ' como camelo, quando na verdade, em grego, 'kamelos' são as cordas grossas com que se amarram os barcos. A idéia da frase permanece a mesma, mas qual parece mais coerente?
*
5 - Quando os conquistadores ingleses chegaram a Austrália, se assustaram ao ver uns estranhos animais que davam saltos incríveis. Imediatamente chamaram um nativo ( os aborígenes australianos eram extremamente pacíficos ) e perguntaram qual o nome do bicho. O índio sempre repetia ' Kan Ghu Ru ', e portanto o adaptaram ao inglês, ' kangaroo' ( canguru ). Depois, os lingüistas determinaram o significado, que era muito claro: os indígenas queriam dizer: 'Não te entendo '.
*
6 - A parte do México conhecida como Yucatán vem da época da conquista, quando um espanhol perguntou a um indígena como eles chamavam esse lugar, e o índio respondeu ' Yucatán '. Mas o espanhol não sabia que ele estava informando ' Não sou daqui '.
*
7 - Existe uma rua no Rio de Janeiro, no bairro de São Cristóvão, chamada 'PEDRO IVO'. Quando um grupo de estudantes foi tentar descobrir quem foi esse tal de Pedro Ivo, descobriram que na verdade a rua homenageava D.Pedro I, que quando foi rei de Portugal, foi aclamado como 'Pedro IV' (quarto).Pois bem, algum dos funcionários da Prefeitura, ao pensar que o nome da rua fora grafado errado, colocou um ' O ' no final do nome. O erro permanece até hoje. Acredite se quiser.

sábado, 2 de agosto de 2008

A felicidade é feita de coisas pequenas

A revista Isto É publicou uma excelente entrevista com Roberto Shinyashiki, médico psiquiatra, com Pós-Graduação em administração de empresas pela USP, consultor organizacional e conferencista de renome nacional e internacional.

*
Uma das perguntas desta entrevista, e a respectiva resposta, você verá a seguir. Medite sobre ela.
*
ISTO É – Muitas pessoas têm buscado sonhos que não são seus, isso é verdade?
*
Shinyashiki - A sociedade quer definir o que é certo. São quatro loucuras da sociedade:

*
A primeira, é instituir que todos têm de ter sucesso, como se ele não tivesse significados individuais.

*
A segunda loucura é:
Você tem de estar feliz todos os dias.

*
A terceira é:
Você tem que comprar tudo o que puder. O resultado é esse consumismo absurdo.

*
Por fim, a quarta loucura:
Você tem de fazer as coisas do jeito certo. Jeito certo não existe. Não há um caminho único para se fazer as coisas.

*
As metas são interessantes para o sucesso, mas não para a felicidade. Felicidade não é uma meta, mas um estado de espírito.
Tem gente que diz que não será feliz enquanto não casar, enquanto outros se dizem infelizes justamente por causa do casamento. Você pode ser feliz tomando sorvete, ficando em casa com a família ou amigos verdadeiros, levando os filhos para brincar ou indo a praia ou ao cinema.
Quando era recém-formado em São Paulo, trabalhei em um hospital de pacientes terminais.
Todos os dias morriam nove ou dez pacientes. Eu sempre procurei conversar com eles na hora da morte. A maior parte pega o médico pela camisa e diz:
"Doutor, não me deixe morrer. Eu me sacrifiquei a vida inteira, agora eu quero aproveitá-la e ser feliz".
Eu sentia uma dor enorme por não poder fazer nada. Ali eu aprendi que a felicidade é feita de coisas pequenas.
Ninguém na hora da morte diz se arrepender por não ter aplicado o dinheiro em imóveis ou ações, ou por não ter comprado isto ou aquilo, mas sim de ter esperado muito tempo ou perdido várias oportunidades para aproveitar a vida.
(Roberto Shinyashiki)

Pense.... medite....
Alguma coisa parece semelhante em tua vida?

domingo, 27 de julho de 2008

7 coisas sobre relacionamento...

Eu sei, eu sei...faz uns 200 anos que não blog, meu blog tá até com teia de aranha, mas cá estou! Passei por vários momentos diferentes na minha vida e várias mudanças. Estou numa nova fase, agora solteira, depois de um relacionamento (namoro e casamento) de 8 anos. Não estou triste e nem me recuperando, as coisas são assim pq tem que ser. Aí ontem, recebi um e-mail fabuloso que resume muuuuuuuuito daquilo que eu imaginava sobre a vida e sobre várias coisas...Como encarar os relacionamentos e como viver um dia após o outro, sem pensar muito o que vai ser desse ou daquele amor daqui 100 anos, 100 dias ou apenas 100 min. Nada é previsível! E por isso estou de volta ao meu blog com um texto que pra mim foi clássico!
Euzinha...livre, leve e solta...pensando sobre esse texto!
*
*
*
1-Sempre acho que namoro, casamento, romance tem começo, meio e fim.Como tudo na vida. Detesto quando escuto aquela conversa: 'Ah,terminei o namoro...' 'Nossa,quanto tempo?' 'Cinco anos...Mas não deu certo...acabou' É não deu...' Claro que deu! Deu certo durante cinco anos,só que acabou.E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.
*
2-Hoje, do alto dos meus quarenta e tantos e tesão, não acredito muito que os 'opostos se atraem'.Porque sempre uma parte vai ceder muito e se adaptar demais. E sempre esta é a parte mais insatisfeita.Acredito mais em quem tem interesse e comum. Se você adora dançar forró, melhor namorar quem também gosta, se você gosta de cultura italiana, melhor alguém que também goste. Freqüentar lugares que você gosta ajuda a encontrar pessoas com interesses parecidos com os seus.A extrovertida e o cafetão anti social é complicado e depois, entra naquela questão de' um querer mudar o outro, uui...'Pessoas mudam quando querem. E porque querem. E pronto. E demora!
*
3-Cama é essencial! Aliás pele é fundamental. E tem gente que é mais sexual, outras que são mais tranqüilas.O garanhão insaciável e donzela sensível, acho meio estranho.Isto causa muitas frustrações e dá-lhe livros de auto ajuda sobre sexo.Assim como outras coisas, cada um tem um perfil sexual.Cheiro, fantasias, beijo, manias, quanto mais sintonia, melhor.
*
4-Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam.Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro? E não temos esta coisa completa.As vezes ela é fiel, mas não é boa de cama. As vezes ela é carinhosa, mas não é fiel.As vezes ela é malhada, mas não é sensível.Tudo nós não temos.Perceba qual o aspecto que é mais importante e invista nele.
*
5-Pele é um bicho traiçoeiro.Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico que é uma delícia.E as vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona...Acho que o beijo é importante. E se o beijo bate, se joga. Se não bate, mais um Martini, por favor...e vá dar uma volta.
*
6-Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra.O outro tem o direito de não te querer. Não lute, não ligue, não dê piti. Se a pessoa tá com dúvida, problema dela, cabe a você esperar ou não. Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.O ser humano não é absoluto. Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta.Nada de drama. Que graça tem alguém do seu lado sob chantagem, gravidez, dinheiro, pressão de família?O legal é alguém que está com você por você. E vice-versa.Não fique com alguém por dó também.Ou por medo da solidão.Nascemos sós. Morremos sós.Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado.E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento.Tem gente que pula de um romance para o outro.Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?
*
7- Gostar dói. Você muitas vezes vai ter raiva, ciúmes, ódio, frustração. Faz parte. Você namora um outro ser, um outro mundo e um outro universo. E nem sempre as coisas saem como você quer... A pior coisa é gente que tem medo de se envolver.Se alguém vier com este papo, corra, afinal, você não é terapeuta. Se não quer se envolver, namore uma planta... é mais previsível.Na vida e no amor, não temos garantias. E nem todo sexo bom é para namorar.Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar.Nem todo beijo é para romancear.Nem todo sexo bom é para descartar. Ou se apaixonar. Ou se culpar.
*
Enfim...quem disse que ser adulto é fácil?

domingo, 1 de junho de 2008

Lá se fala português...


Quarta-feira, numa reunião de planejamento tivemos uma palestra com uma psicóloga que viveu uns tempos em Moçambique. Foi a melhor palestra a qual assisti este ano na escola e por isso resolvi contar um pouco sobre o que rolou.

Primeiramente, deixe-me falar especificamente da localização deste país:

.

Moçambique é um país da costa oriental da África Austral, limitado a norte pela Zâmbia, Malawi e Tanzania, a leste pelo Canal de Moçambique e pelo Oceano Índico, a sul e oeste pela África do Sul e a oeste pelo Zimbabwe. Sua capital e maior cidade é Maputo.

.

Moçambique é um país que fala o mesmo português que nós brasileiros, também tem muita miséria, mas sofre mais que o Brasil.

O país em questão, tem uma enorme hidrelétrica, a qual produz energia, que é exportada à África do Sul, quando apenas 30% de Moçambique tem iluminação. O resto vive no escuro, correndo todos os riscos que a escuridão pode causar. Pasmem, apenas 10% do país tem saneamento básico, 60% da população é formada por cidadãos analfabetos e apenas 0,01% chegam a ter uma formação superior.

Como se já não bastassem estes dados absurdos, o país sofre com o HIV e com a AIDS, que já toma conta de 20% desta população. Não há um dia, como relatou a palestrante, que não haja um enterro na cidade por conta da doença.

Outro fato curioso, pra não dizer outra coisa, é que há apenas 2 anos deixou-se de vender bebidas alcoólicas dentro das escolas, mas mesmo assim, na frente de cada uma delas, existem bares nos quais, professores e alunos se embebedam na hora dos recreios.

Este hábido de beber muito cedo, é passado para os meninos desde de pequenos, sendo uma espécie de símbolo de masculinidade. Com apenas 5 anos, uma criança já bebe junto a seu pai em bares. Outro fato peculiar desta cultura é que durante a vida, cada homem deve ter filhos com 3 mulheres diferentes e isso é quase que uma "lei". Já a menina, só mostra que realmente vale alguma coisa se puder engravidar o que faz com que ainda muito jovens, tenham o primeiro filho, que futuramente é adotado como legítimo pelo futuro marido e sua família. Acontece que, depois que tem o primeiro filho, esta menina passa a cometer abortos até encontrar o futuro marido, não há uma prevenção contra os mesmo.

Segundo a palestrante, no país o único combate à AIDS é feito através da exagerada distribuição de preservativos, mas não há uma ação verdadeiramente eficiente.

Numa das escolas em que esteve, quem tomava conta destes assuntos de prevenção era um menino de apenas 13 anos. Como o trabalho dela era junto à Secretaria de Saúde, fazendo um estudo de caso, perguntou ao jovem como andava o índice de meninas grávidas na escola e ele disse que no ano anterior, haviam tido 8 grávidas e que neste ano, somente 4. Após dizer isto, ela pergunto se esse trabalho tinha sido fruto dos folhetos explicativos enviados (senão me engano) pela França ao país e o menino disse: "Eu precisava fazer um trabalho com as meninas da 6ª série, que são as que chegam novatas à escola e é onde o índice é maior, mas acontece, que estas meninas chegam à escola falando o dialeto delas. Os folhetos são muito bonitos mas elas não entendem o que está escrito. Então, eu transformei a explicação em história em quadrinhos no dialeto delas e assim pude ser entendido. Por favor (disse á psicóloga), a senhora peça a eles que em vez de mandar os panfletos, que mandem papel em branco, pq uma caixa de lápis de cor eu ainda tenho."

Imaginem só, enquanto vários países mandam dinheiro e camisinhas ao país tentando combater o vírus e a doença, sem sorte alguma, um menino de 13 anos, numa ação louvável, consegue reduzir em 50% o índice de meninas grávidades dentro de uma escola.

Enfim, a palestrante encerrou dizendo que ficou muito impressionada com a únião das pessoas nesse país e com a alegria mesmo com tantos problemas e com menos de 2 décadas de sobrevivência pós guerra.

Muitas vezes reclamamos do nosso país, dos nossos governantes, das condições em que vivemos, do alimento em nosso prato, mas não nos damos conta de que lá fora, existe um mundo enorme, com vários problemas, enormes dificuldades e vastos furacões que nem somos capazes de imaginar.

Me desculpem se não lembrei mais detalhes pra contar, mas o nosso cérebro nem sempre consegue absorver tudo. Espero ter feito um resumo que sirva de aprendizado pra muitos dos meu leitores.

Desculpas também à minha ausência, mas estou dando aula em 2 escola e a correria é enorme.

Bjos enormes, uma boa semana e até a próxima viagem!

quinta-feira, 15 de maio de 2008

Texto de Arnaldo Jabor sobre o MSN

Sempre odiei o que a maioria das pessoas fazem com os seus MSN's.
Não estou falando desta vez dos emoticons insuportáveis que transformaram a leitura em um jogo de decodificação, mas as declarações de amor, saudades, empolgação traduzidas através do nick.
O espaço 'nome' foi criado pela Microsoft para que você digite O NOME que lhe foi dado no batismo. Assim seus amigos aparecem de forma ordenada e você não tem que ficar clicando em cima dos mesmos pra descobrir que 'Vendo Abadá do Chiclete e Ivete' é na verdade Tiago Carvalho, ou 'Ainda te amo Pedro Henrique' é o MSN de Marcela Cordeiro.
Mas a melhor parte da brincadeira é que normalmente o nick diz muito sobre o estado de espírito e perfil da pessoa. Portanto, toda vez que você encontrar um nick desses por aí, pare para analisar que você já saberá tudo sobre a pessoa...
'A-M-I-G-A-S o fim de semana foi perfeito!!!' acabou de entrar. Essa com certeza, assim como as amigas piriguetes (perigosas), terminou o namoro e está encalhadona. Uma semana antes estava com o nick 'O fim de semana promete'. Quer mostrar pro ex e pros peguetes (perigosos) que tem vida própria, mas a única coisa que fez no fim de semana foi encher o rabo de Balalaika, Baikal e Velho Barreiro e beijar umas bocas repetidas. O pior é que você conhece o casal e está no meio desse 'tiroteio', já que o ex dela é também conhecido seu, entra com o nick 'Hoje tem mais balada!', tentando impressionar seus amigos e amigas e as novas presas de sua mira, de que sua vida está mais do que movimentada, além de tentar fazer raiva na ex.
'Polly em NY' acabou de entrar. Essa com certeza quer que todos saibam que ela está em uma viagem bacana. Tanto que em breve colocará uma foto da 5ª Avenida no Orkut com a legenda 'Eu em Nova York'. Por que ninguém bota no Orkut foto de uma viagem feita a Praia-Grande - SP ?
'Quando Deus te desenhou ele tava namorando' acabou de entrar. Essa pessoa provavelmente não tem nenhuma criatividade, gosto musical e interesse por cultura. Só ouve o que está na moda e mais tocada nas paradas de sucesso. Normalmente coloca trechos como 'Diga que valeuuu' ou 'O Asa Arreia' na época do carnaval.
'Por que a vida faz isso comigo?' acabou de entrar. Quando essa pessoa entrar bloqueie imediatamente. Está depressiva porque tomou um pé na bunda e irá te chamar pra ficar falando sobre o ex.
'Maria Paula ocupada prá c**' acabou de entrar. Se está ocupada prá c**, por que entrou cara-pálida? Sempre que vir uma pessoa dessas entrar, puxe papo só pra resenhar; ela não vai resistir à janelinha azul piscando na telinha e vai mandar o trabalho pro espaço. Com certeza.
'Paulão, quero você acima de tudo' acabou de entrar. Se ama compre um apartamento e vá morar com ele. Uma dica:Mulher adora disputar com as amigas. Quanto mais você mostrar que o tal do Paulão é tudo de bom, maiores são as chances de você ter o olho furado pelas sua amigas piriguetes (perigosas).
'Marizinha no banho' acabou de entrar. Essa não consegue mais desgrudar do MSN. Até quando vai beber água trocaseu nick para 'Marizinha bebendo água'. Ganhou do pai um laptop pra usar enquanto estiver no banheiro, mas nunca tem coragem de colocar o nick 'Marizinha matriculando o moleque na natação'.
' < . ººº< . ººº< / @ e $ $ ! - @ >ªªª . >ªªª >' acabou de entrar. Essa aí acha que seu nome é o Código da Vinci pronto a ser decodificado. Cuidado ao conversar: ela pode dizer 'q vc eh mtu déixxx, q gosta di vc mtuXXX, ti mandá um bjuXX'.
'Galinha que persegue pato morre afogada' acabou de entrar. Essa ai tomou um zig e está doida pra dar uma coça na piriguete que tá dando em cima do seu ex. Quando está de bem com a vida, costuma usar outros nicks-provérbios de Dalai Lama, Lair de Souza e cia.
'VENDO ingressos para a Chopada, Camarote Vivo Festival de Verão, ABADÁ DO EVA, Bonfim Light, bate-volta da vaquejada de Serrinha e LP' acabou de entrar. Essa pessoa está desesperada pra ganhar um dinheiro extra e acha que a janelinha de 200 x 115 pixels que sobe no meu computador é espaço publicitário.
'Me pegue pelos cabelos, sinta meu cheiro, me jogue pelo ar, me leve pro seu banheiro...' acabou de entrar. Sempre usa um provérbio, trecho de música ou nick sedutores. Adora usar trechos de funk ou pagode com duplo sentido. Está há 6 meses sem dar um tapa na macaca e está doida prá arrumar alguém pra fazer o servicinho.
'Danny Bananinha' acabou de entrar. Quer de qualquer jeito emplacar um apelido para si própria, mas todos insistem em lhe chamar de Melecão, sua alcunha de escola. Adora se comparar a celebridades gostosas, botar fotos tiradas por si mesma no espelho com os peitos saindo da blusa rosa. Quer ser famosa. Mas não chegará nem a figurante do Linha Direta.
Bom é isso, se quiserem escrever alguma mensagem, declaração ou qualquer coisa do tipo, tem o campo certo em opções 'digitem uma mensagem pessoal para que seus contatos a vejam' ou melhor, fica bem embaixo do campo donome!!
Vamos facilitar!!!!
Arnaldo Jabor

domingo, 11 de maio de 2008

Coluna do Gilberto Dimenstein na Folha

Máquina do sonho


Ao acordar, suspeitou que a idéia de vender CDs numa máquina talvez não fosse uma maluquice onírica.

Lançada neste mês, uma máquina de venda de CDs com baixo custo para dar mais dinheiro ao músico e combater a pirataria nasceu de um sonho -literalmente. Autor de composições cantadas por Ivete Sangalo, Lenine e Daniela Mercury, o violonista e percussionista Fefê Gurman finalizava, no ano passado, gravações de suas próprias músicas, mas o meio de distribuir o CD o angustiava. "Sonhei que meus CDs estavam dentro de uma dessas máquinas automáticas de vender salgadinhos e refrigerantes." Ao acordar, suspeitou que talvez a idéia não fosse uma maluquice onírica e contou o sonho a alguns de seus colegas da Eletrocooperativa, uma entidade que dá cursos gratuitos de produção musical para jovens -o programa nasceu em Salvador, mas agora tem um núcleo em São Paulo. "Ninguém achou que a máquina fosse inviável."
Paulistano, Fefê passou sete anos em Salvador. Apesar de ter emplacado uma série de músicas com cantores de sucesso, ele voltou para a cidade convencido de que não conseguiria viver apenas como artista e, para sobreviver, além de começar a dar aulas, abriu uma pizzaria. "É aqui que as coisas, de fato, acontecem", justifica Fefê, ao explicar por que abandonou a paisagem do mar. Não imaginava que "acontecer" nas artes significaria, para ele, ser dono de pizzaria e, mais estranho ainda, desenvolver equipamentos tecnológicos. Um dos integrantes da Eletrocooperativa, Daniel Turcheto, dedicou-se a estudar o funcionamento das máquinas que vendem salgadinhos com a intenção de adaptá-las para o comércio de CDs. "Bastavam algumas mudanças", apostou Turcheto. A engenharia mais complexa seria a comunitária: estabelecer um preço que proporcionasse aos artistas a possibilidade de ganhar mais, sem passar pelo intermediário, mas que fosse, ao mesmo tempo, suficientemente atrativo para combater o apelo do baixo custo da pirataria.
O CD sai por R$ 5, devidamente explicados na fachada da máquina: custo de fabricação (R$ 1,50), valor do imposto (R$ 0,50) e pagamento do artista (R$ 1,50) são alguns dos itens. "O artista ganha 30% mais do que ganharia numa gravadora", afirma Turcheto, inspirado na filosofia do comércio justo. A máquina atraiu músicos como Arnaldo Antunes e teve seu primeiro teste há duas semanas num show ao ar livre. Foram vendidos 200 CDs em dois dias. O trabalho agora é, de um lado, arregimentar mais grupos dispostos a vender suas músicas pelo sistema criado pela Eletrocooperativa e, de outro, espalhar as máquinas pelas cidades. Para facilitar essa disseminação, não patentearam a invenção. "Em cinco minutos de conversa, desistimos de patentear. Queremos que as pessoas possam nos copiar", orgulha-se Fefê. Essa é a única "pirataria" da qual se sentem beneficiados.O sonho agora (desta vez acordado) é que eles consigam fechar um acordo com o Metrô e colocar uma máquina em cada estação.

*Coluna originalmente publicada na Folha de S.Paulo, editoria Cotidiano.
.
.
******************
.
.
EU E GILBERTO DIMENSTEIN, NA ÚLTIMA SEXTA-FEIRA (09/05/08) NA BIENAL DO LIVRO DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO!
.
.

domingo, 4 de maio de 2008

LÁ SE VAI MAIS UM FERIADO...

SÓ DE PENSAR QUE É O PENÚLTIMO FERIADO DO ANO NO MEIO DA SEMANA, ME DÁ UM CERTO PRINCÍPIO DE PÂNICO...KKKKKKKKKK

MAS ENFIM, PRA QUEM APROVEITOU O FERIADO (E PRA QUEM SÓ DORMIU E DESCANSOU, COMO EU), RESUMO ESSE POST ÀS FOTOS DE UMA COLEÇÃO DE SOFÁS PARA SOGRAS...SÓ PRA RELAXAR MESMO.

QUANTO AO FIM DO FERIADO, SÓ POSSO DIZER PARA ESSE ÚLTIMO DIA:

CARPE DIEM!

segunda-feira, 28 de abril de 2008

ATENÇÃO, ATENÇÃO, ATENÇÃO!

HOJE, EXCEPCIONALMENTE, REDIMENCIONO MEU POST AO BLOG DO
NÃO ENTENDEU NADA, NÉ? BEM, É QUE FUI ENTREVISTADA POR ESTE BLOG MARAVILHOSO E GOSTARIA DE CONVIDAR MEUS QUERIDOS LEITORES À LEITURA DESTA ENTREVISTA. É UM POUCO LONGA, MAS PUDE EXPRESSAR MINHAS IDÉIAS E OPINIÕES. PRA QUEM É FIEL E ASSÍDUO LEITOR DO MEU COTIDIANO, VAI GOSTAR DE LER O QUE ESCREVI E DE ME CONHECER MAIS. NÃO DEIXEM DE ACESSAR!
BJAUM E BOA SEMANA...
CLIQUE ABAIXO E CONFIRA:

segunda-feira, 21 de abril de 2008

Reflexão para um feriado chuvoso!


A Ostra e A Pérola

“Uma ostra que não foi ferida não produz pérolas"
.
.

As pérolas são feridas curadas. Pérolas são produtos da dor, resultados da entrada de uma substância estranha ou indesejável no interior da ostra, como um parasita ou um grão de areia. Na parte interna da concha é encontrada uma substância lustrosa chamada NÁCAR. Quando um grão de areia a penetra, as células do NÁCAR começam a trabalhar e cobrem o grão de areia com camadas e mais camadas, para proteger o corpo indefeso da ostra. Como resultado, uma linda pérola vai se formando. Uma ostra que não foi ferida, de algum modo, não produz pérolas, pois a pérola é uma ferida cicatrizada... Você já se sentiu ferido pelas palavras rudes de alguém? Já foi acusado de ter dito coisas que não disse? Suas idéias já foram rejeitadas, ou mal interpretadas? Você já sofreu os duros golpes do preconceito? Já recebeu o troco da indiferença?
.
ENTÃO, PRODUZA UMA PÉROLA!!!
.

Cubra suas mágoas com várias camadas de amor. Infelizmente, são poucas as pessoas que se interessam por esse tipo de movimento. A maioria aprende apenas a cultivar ressentimentos, deixando as feridas abertas, alimentando-as com vários tipos de sentimentos pequenos e, portanto, não permitindo que cicatrizem. . Assim, na prática, o que vemos são muitas "Ostras Vazias”, não porque não tenham sido feridas, mas, porque não souberam perdoar, compreender e transformar a dor em amor. Um sorriso, um olhar, um gesto, na maioria das vezes, fala mais que mil palavras..

terça-feira, 15 de abril de 2008

TODO DIA É DIA DE ÍNDIO - parte 3 (final)

Línguas Indígenas
.
Se na época do descobrimento eram faladas 1300 línguas indígenas, hoje são reduzidas a apenas 180 famílias lingüísticas entre os povos indígenas. Essas famílias são divididas e subdivididas, fazendo com que índios que pertençam ao mesmo tronco lingüístico utilizem sem que sejam entendidos por outras tribos distintas, mas da mesma etnia. A extinção de línguas indígenas, segundo a FUNAI (2005), é também uma grande perda cultural, pois junto com ela, desaparecem para sempre costumes, crenças e enfim, toda cultura de um povo.
.

Quem é o índio?
.

É comum conceber-se uma imagem estereotipada e pré-concebida do índio. Mas existem hoje no Brasil, 215 sociedades indígenas, vivendo em todo território nacional e tendo cada uma características próprias. Segundo Cunha (1989), figuram no Estatuto do Índio (Lei nº 6.001, de 19.12.1979) no Artigo 3º a definição do que é o índio: “I- Índio ou Silvícola – É todo indivíduo de origem e ascendência pré-colombiana que se identifica e é identificado como pertencente a um grupo étnico cujas características culturais o distinguem da sociedade nacional”; (p.22).
O nome índio, segundo a FUNAI (2005), vem dos europeus, que ao chegarem a estas terras pensaram estar nas Índias. Mesmo após o reconhecimento do erro, ignoraram completamente os habitantes e seus costumes. Os índios são estigmatizados e não têm um estereótipo próprio que combine com que realmente são. Porém, alguns autores, antropólogos e pesquisadores, tentam numa luta árdua, derrubar essas barreiras embasados também na Constituição e nos Direitos do Índio. A imagem do índio é aquela típica ensinada nas escolas de Educação Infantil, no qual o indígena é um indivíduo praticamente mitológico ou generalizado de cabelos lisos, pele morena avermelhada e olhos puxados (características típicas de Xavantes ou Kayapós) e com penas na cabeça, fazendo a dança da chuva. É misturado um pouco de cada etnia indígena que se conhece ou tem em mente, misturado e criado um resultado final, que serve como parâmetro para a realidade que se deseja criar. O ser humano tende a usar de uma certa criatividade para criar o ser utópico que deseja ilustrar e assim faz com a imagem do índio, resgatando da memória um pouco de cada idéia que ouviu formando uma imagem que crê ser a real. É quase uma idealização mitológica. Com isso, conforme citado pela FUNAI (2005), um grupo de pessoas pode ser considerado ou não indígena, de acordo com seus interesses e a sociedade, embora algumas vezes, essa rotulação esteja ligada a interesses políticos.
.

CONCLUINDO
.
È inconcebível que um povo tão colorido e miscigenado, como o povo brasileiro, tenha vergonha de assumir os traços de seu passado, um povo que comemora datas internacionais com festas e pouco sabem sobre sua cultura e história. Somos uma nação que acredita que o país foi descoberto, enquanto na verdade, as nossas terras já eram habitadas e foram invadidas e exploradas. Perdemos nossas riquezas, dizimamos diversas comunidades indígenas que, extintas, deixaram no vento as pedras esfaceladas de sua cultura. Cada comunidade indígena que se perde, leva junto consigo dados históricos que só ela conhece, deixando apenas lendas e suposições de sua existência. O povo indígena sofre. Morre a cada dia com a derrubada de uma árvore, com a destruição de suas matas, com a poluição dos rios. É obrigado a se urbanizar para poder comer, sofre com o capitalismo dos brancos, perdendo toda sua pureza. A sociedade urbana engole a cada dia a sociedade indígena. Com seus “espelhos” vai seduzindo os índios e trocando a casta imagem deste povo por uma imagem sofrida, de um povo que nunca desiste de lutar. Hoje, os índios não morrem mais em confrontos, morrem também queimados em pontos de ônibus, morrem nas retomadas de terra, morrem de tristeza! Enquanto o branco comemora os 500 anos do país, os índios lamentam, choram por terem sido descobertos, confrontam-se com a polícia, pedem socorro. Não se sabe ao certo quanto tempo irá durar esse descaso, mas é provável que isso seja eterno. Talvez um dia esse povo seja até mesmo extinto. E enquanto o fim não chega, os poucos sobreviventes, aqueles 400.000 índios que restaram dos 6 milhões que haviam, tentam incansavelmente lutar contra o fim. Pintar a cara não é mais uma questão de tradição, pintar a cara é ser guerreiro, lutar contra preconceitos, descriminações e contra todos os ataques que sofrem diariamente. O índio não quer morrer, ele quer ser resgatado. Não quer ser folclore, quer ser gente, cidadão brasileiro assegurado constitucionalmente, quer ter espaço pra trabalhar, quer poder entrar com seus trajes típicos em qualquer ambiente, tentando fazer parte de algo que ele já é parte, mas é marginalizado.
Ao abordar o tema em sala de aula, cada professor deve resgatar a real importância da cultura indígena, não banalizando e nem resumindo a um dia somente.
Como todo dia é dia de brancos, negros, asiáticos, hindus, muçulmanos...
Enfim, todo dia é dia de quebrar as barreiras do preconceito e trazer o mito á realidade!

*Índios Pataxós de Coroa Vermelha/BA em visita a faculdade Uniceres em São José do Rio Preto/sp. Agosto de 2005.

domingo, 13 de abril de 2008

Interrompemos esse post para comunicado especial!



Entro pra ver meus comentários e fico sabendo que fui indicada pra mais um prêmio. Desta vez o carinho vem do blog Notícias (IR)Relevantes (clique para acessar). Agradeço de coração à Nana, Felipe e Kátia, donos do blog, pelo carinho e parceria com o COTIDIANO ATIVO.
VOU SEGUIR O EXEMPLO DELES, SER DADA (hehehe) E INDICAR ALGUNS BLOGS AO SELO, OK?
.
Blog do Rafael : O Grapiuna
.
Blog do Gustavo: Espaguete
.
Blog da Juliana: Jubzzzz
.
Blog do Euzer: Metendo o Bedelho
.
Blog do Zanfa: Capinaremos
.

quarta-feira, 9 de abril de 2008

TODO DIA É DIA DO ÍNDIO - parte 2

O mito da antropofagia
(a verdadeira história do canibalismo)


O conhecimento popular prega uma generalização da imagem do índio como canibal. Mas essa afirmação não é infundada. De acordo com alguns escritores, os índios brasileiros praticavam a antropofagia sim, porém, esta tinha o caráter extremamente ritual, ou seja, era parte de cultos religiosos e tradições tribais. Acreditava-se que, devorando a carne de um guerreiro, ou pessoa com qualidades invejadas, o “poder” dessa pessoa era absolvido e as características do morto, adquiridas. Só eram devorados homens, já que as características femininas eram indesejáveis.
Já no caso do índio norte americano, o canibalismo aparece como uma das mais fortes e instigantes características do indígena americano. Quando Colombo chegou em Guadalupe, encontrou restos mortais em um festim deixado pelos canibais. Ilustrações da época mostram como eram esses atos. O canibalismo parecia um costume normal e estes costumes poderiam ser considerados nada bárbaros e selvagens nos povos do Novo Mundo, especialmente, “os do Brasil”, pois na verdade, cada um considera bárbaro aquilo que não pratica em sua terra... São denominados ‘selvagens’ no sentido que consideramos selvagens os frutos silvestres, que a natureza produz se a intervenção do homem. No entanto deveríamos chamar de selvagens aqueles que alteramos pelo processo cultural, aos quais mudamos e modificamos o desenvolvimento natural. A prática do canibalismo foi de grande contribuição para difundir essa idéia de que o indígena é um ser bárbaro e selvagem, pois interessava ao conquistador uma justificativa para o fato de tomarem posse dessas terras e dizimarem seus habitantes.

domingo, 6 de abril de 2008

TODO DIA É DIA DO ÍNDIO - parte 1



Começo hoje uma série de relatos sobre a cultura indígena no Brasil. Esses dados que postarei, são parte do meu TCC feito no final de 2005. Após pesquisa bibliográfica e também entrevista com índios Pataxós de Coroa Vermelha, pude concluir um lindo trabalho e comprovar mais ainda que os índios são mais do que "dança da chuva" e "uuuuuu" batendo a mão na boca (aliás, esses costumes não de índios norte-americanos). Enfim, começo hoje e vou até dia 19/04 (dia do índio) com textos divididos em 3 partes sobre essa cultura tão maravilhosa que relata um pouco daquilo que somos hoje e que é parte da missigenação de raças que vive em nós brasileiros.
.
_______________________________________
.
.
.
A cultura indígena, acumulada ao longo de centenas de anos, retrata a história de nosso país, constituindo-se em um importante acervo para a humanidade. Há ainda muito a ser descoberto e valorizado, em relação a essa cultura, que vai além de caras pintadas e penas na cabeça e rituais mais elaborados do que a mitológica dança da chuva.Porém, muitos professores abordam a cultura indígena de forma distorcida, estereotipada, simplista e muitas vezes distante da realidade.
Os brancos, desde o início do contato, quiseram transformar o brasilíndio, ensinando seus costumes, sua língua e religião. Estes por sua vez, fugiram do contato com os portugueses para o interior do país. Com o contato e as doenças, aos poucos as tribos litorâneas foram se extinguindo.
Estima-se, baseado em dados da FUNAI (2005), que na época do descobrimento (ou invasão) do Brasil, a sociedade indígena brasileira variasse entre 1 e 10 milhões de habitantes, falando em torno de 1300 línguas diferentes (não só tupi-guarani, como se tem conhecimento). Séculos se passaram e atualmente, o Brasil tem cerca de 345 mil índios, isso sem contar aqueles de tribos isoladas sem nenhum contato com o mundo e também não contando os que vivem na malha urbana desta sociedade.O contato dos índios com os novos habitantes da terra trouxe uma grande diversidade étnica, aparecendo miscigenações de raça, como
por exemplo: o mameluco, que resulta da mistura do índio com o branco, e o cafuzo, que se trata da mistura do índio com o negro. Se a individualidade genética é realmente alta em todo o mundo, no Brasil ela é maior ainda, como mostra a diversidade estampada no rosto da população brasileira. Tudo isso se dá pelo fato de que, quando os portugueses vieram colonizar o Brasil, não trouxeram suas mulheres com medo do ambiente selvagem e acabaram tendo filhos com nativas ou escravas africanas. Nos 500 anos desde que os portugueses aportaram aqui, o cruzamento de etnias tão diferentes foi tão intenso que é quase impossível encontrar um brasileiro que não tenha em seu código genético, genes africanos ou ameríndios.
A idéia de que a mesma fusão racial trouxe junto uma fusão cultural é tão parte da cultura brasileira quanto é a idéia da miscigenação racial. Nesse sentido, o Brasil não se esquiva de festejar datas comemorativas de santos católicos, com uma pitada de estética afro-religiosa, assim como não deixa de festejar o carnaval na forma de competição cabocla, celebrando a cultura indígena.

quarta-feira, 2 de abril de 2008

...uma jóia!

Minha primeira indicação! Claro que tinha que ter vindo do blogueiro mais gentil e querido que conheço: Henrique, do blog Vai Vendo.Obrigada do fundo do meu coração pela indicação, viu?

A intenção deste selo é homenagear Blogs que merecem reconhecimento (!). Para ser selado, no entanto, o Blog deve agradar e manter o bom nível, ou seja, ser lindo e valioso.. uma jóia!

.

Agora, minha vez de oferecer com muito carinho este selo:

Bruxx, blog Vassourando

Theo Moura, blog Além do que se vê

José Vitor Rack, blog Sinopse Inacabada

"E, não se esqueçam de não perder o "espírito" da brincadeira...lembrem-se de sempre revelar quem indicou o blog..."

Selo criado pelo Matheus Tape .





segunda-feira, 31 de março de 2008

Ah essa Rede Globo, viu?!



Farsa do 'LATA VELHA' do Caldeirão do Huck
.
O bloco do Caldeirão do Huck 'Lata Velha' é uma grande farça, a fraude foi desmascarada por João Marcelo, um (in)feliz 'contemplado' (leia-se enganado) pelo programa da Rede Globo, com o intuito de baratear custos e cumprir a promessa, o carro antigo a ser restaurado é trocado por outro, que então é reformado para se parecer com o carro do cliente.
Após isso começa a segunda etapa, uma série de propostas e subornos para manter o cliente calado, até falsificação de documento e assinatura.
Fico a pensar, se um bloco supostamente simples como o 'Lata Velha' tem tantas fraudes, apenas para conseguir lucrar em cima, quantos podres ainda estão sob as mentiras e calunias da Globo ? Um dia a casa cai...
.
Segue abaixo o texto original:
'Estava bom demais para ser verdade. Foi o que pensou João Marcelo Vieira, 37 anos, ao participar do quadro Lata velha, no programa Caldeirão do Huck, da Rede Globo. O sonho de ver seu Opala verde, ano 79, transformado em uma supermáquina durou menos de 24 horas. No dia da gravação, o vendedor não percebeu que não existia mais nada do Opala no modelo reformado. Nem no dia seguinte, quando a produção rebocou novamente o carro para a oficina, alegando que iria acertar a documentação. Meses depois, ele recebeu o carro, e só então percebeu, com o documento na mão, que o registro era uma Caravan 79.
O próprio João Marcelo demorou para entender o que estava acontecendo. O documento esclarecia as dúvidas: a Caravan marrom, que antes pertencia a Rubem de Souza, em Minas Gerais, teria sido comprada por ele próprio por R$ 4.200! O problema é que João, dono de um quiosque na Praia do Recreio, garante que nunca esteve na cidade de Ribeirão das Neves, em Minas, tampouco adquiriu o carro e muito menos assinou o documento de compra e venda.
Estava, segundo ele, configurada a fraude. E começou uma odisséia em busca do verdadeiro carro.
'Me deram o documento do carro com minha assinatura falsificada e sumiram com o Opala, que era de um tio que morreu de câncer e me pediu para não vendê-lo nunca', lembra João Marcelo. O Opala, que tinha o apelido carinhoso de Ogro, estava caindo aos pedaços, só pegava no tranco, mas quebrava galhos. O quiosqueiro nunca tinha pensado em fazer a reforma. A participação no Lata velha foi sugestão de dois clientes, os atores Rodrigo Hilbert e Fernanda Lima. A pedido deles, João Marcelo escreveu uma carta, entregue, em mãos, a Luciano Huck, durante uma festa. Dias depois, a produção do programa procurou pelo comerciante, fez entrevistas e fotos do carro.
'Na terceira entrevista, o Luciano apareceu no meu quiosque já para pegar o carro. Ele me propôs cantar uma ópera. Tive sete aulas de canto em Niterói.
Tudo isso levou uns 26 dias. O carro supostamente foi para Belo Horizonte, eu acho, porque, até agora, a Justiça não conseguiu achar a oficina, cujo endereço foi passado pelo próprio dono, Paulinho Fonseca, baterista da banda Jota Quest', diz João Marcelo.
Para ter seu carro modificado no programa, João interpretou no ar O sole mio, de Luciano Pavarotti, e emocionou o público.
'No dia seguinte à gravação, dei uma volta com o carro, escoltado pela Globo. Logo depois, a emissora mandou rebocá-lo sob alegação de que atualizaria a documentação. No quarto dia, recebi um telefonema da Rita, da produção do Caldeirão, dizendo que uma pessoa do Sul tinha oferecido R$ 120 mil para comprar meu carro. Não aceitei porque minha intenção era ficar com o Opala modificado', explica.
Dois meses se passaram e nada do carro voltar. Ele conversou com Fernanda Lima, que conseguiu marcar uma reunião na Globo. Lá, João Marcelo diz que recebeu uma proposta financeira e que todos assumiram o erro do programa.
Segundo o comerciante, a emissora não gostaria que o caso fosse para a Justiça. O encontro teria acontecido na sala do diretor da emissora, Aloísio Legey.
'Havia três advogados, o Paulinho, o Aloísio e a Ana Bezerra, diretora de produção. O Aloísio perguntou o que eu queria e disse que se eu levasse o caso para a Justiça demoraria três anos. Falei que não queria nada, só o meu carro de volta', conta João Marcelo, que não esperava uma reação tão enérgica do diretor:
'O Aloísio bateu na mesa e disse que isso poderia acabar com o programa do Luciano quando eu falei que minha carruagem tinha virado abóbora e, por isso, a situação era grave', afirma.
O comerciante contou que ficou acertado no encontro que o programa devolveria o Opala transformado. Passados outros dois meses, o carro foi entregue. Mais uma vez, era a tal Caravan:
'Quando me deram a documentação, vi que era da Caravan marrom. O carro foi comprado por R$ 4.200 e ainda falsificaram minha assinatura para legalizar a transferência. O número do chassi na documentação não era do Opala. As placas de identificação nas portas do veículo também eram de outro carro. O carro é um Frankenstein, foi remontado em cima de outra carcaça', garante.


.
Desde janeiro, corre na Justiça um processo contra a Rede Globo e a Oficina Nittro Hot Rods no cartório da 1ª Vara Cível, em Jacarepaguá, com um pedido de indenização por danos morais e materiais.
A pergunta que fica é a seguinte: Onde foi parar o Opala?!?...'
.
E para quem ainda não acredita, aqui vai o link do processo em andamento:
Se entrar no site do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro: http://www.tj.rj.gov.br/ e fizer a consulta de processo pelo número 2007.203.000972-9, obtém-se o mesmo resultado.


.
Estou divulgando isso pq não posso acreditar que aquele mesmo Luciano Huck que escreveu uma carta manifestando a insatisfação por ter seu Rolex roubado, a indignação com a criminalidade no país, seja favorável a um ato tão sem caráter como esse. Me lembro, agora com revolta, de um carro velho, herança de um pai falecido de uma moça que ele reformou. Que raiva desse mundo...que raiva dessa Globo capitalista e manipuladora.


.


Obs: Deixo autorizado a qualquer blog que queira copiar meu texto e também postar em manifestação!

sábado, 22 de março de 2008

CASA DOS AVÓS...

Sei que andei sumida durante toda a semana mas tenho um motivo especial...Estou em Brasília, na casa dos meus avós.
Minha avó esteve conosco no começo do ano porque viajou pra nossa cidade, mas meu avô não o via desde meu casamento em dezembro de 2005, por isso resolvi, às 13:30h da terça-feira, 18 de março, que pegaria de noite, o ônibus pra Brasília. Meu marido se encarregou de comprar a passagem, que por sinal ficou para as 20:30h (eu saí do serviço 17:30h, mas tá valendo).
Cheguei em Brasília, após 10horas de viagem, às 8h da manhã e na rodoviária, como em todas as férias que passei aqui, depois que me mudei da cidade, minha avó me aguardava na rodoviária (detalhe que ela fará 85 anos mês que vem e ainda dirige, por sinal muito bem).
Pegamos um trânsito caótico na capital do Brasil, afinal de contas, ainda era quarta-feira e feriado apenas em São José do Rio Preto (aniversário da cidade, que beleza, hein?!). E após longos engarrafamentos, chegamos ao apartamento dos meus avós. Fui recebi embaixo do prédio pelo meu avô que já me aguardava de braços abertos.
Na casa dos avós é tudo gostoso, todas nossas vontades são atendidas e a gente volta meio que a ser criança, né?
Almoço do primeiro dia, comidinha da vó...hummmmmmm...tudibom! De noite, meu avô fez questão de pedir pizza.
Os outros dias que passaram foram todos maravilhosos, com direito a passeio turístico com minha avó, o que rendeu diversas fotos, lógico.
Todos os dias o maior dengo, fazendo de tudo que eu gosto...e amanhã, último dia de minha estadia aqui, iremos almoçar fora numa churrascaria que meu avô adora.
Foram dias maravilhosos...por isso resolvi postar aqui esse momento feliz, embora eu não costume falar do que acontece em minha vida diáriamente, mas aposto que todos têm uma recordação boa da casa dos avós e vão viajar comigo neste texto.
Amo muito meus avós...foram dias maravilhosos...sabe quando a gente fecha a semana pensando que se morresse hoje tava feliz? Eu estou fechando a minha assim...muito plena e realizada com essa viagem surpresa de última hora, afinal de contas, são dessas overdoses de amor que precisamos para dar um UP no dia à dia.
Obrigada ao blogueiros que visitam sempre este humilde espaço. Essa semana estou de volta com as postagens habituais do blog, ok?

Desejo a todos e suas famílias uma FELIZ PÁSCOA, sem esquecer que o verdadeiro motivo, mesmo pra quem não crê em Deus e nem é cristão, é a partilha diária, é semear o amor, é distribuir alegria, afinal de contas, chocolate é sim um deleite, mas é fruto do capitalismo e da separação de classes, onde muitas crianças passam mais uma data esperando por algo que não terão.

Beijos no coração de cada um e até a próxima se o Universo conspirar e for pra ser!

SEGUEM ALGUMAS FOTOS DESSE MEU PASSEIO MARAVILHOSO:

MINHA AVÓ FAZENDO WAFFERS DE LANCHE PRA MIM...HEHEHE


EU, MEU AVÔ E MINHA AVÓ...RINDO PAKAS DESSA FOTO


MINHA IRMÃ MAIS VELHA, MEU AVÔ, EU E MINHA AVÓ...SUPER BACALHOADA DE SEXTA-FEIRA SANTA


O CÉU DE BRASÍLIA...EITA COISA LINDA!

domingo, 16 de março de 2008

O MUNDO DOS PARASITAS

Parasitas são organismos que vivem em associação com outros aos quais retiram os meios para a sua sobrevivência, normalmente prejudicando o organismo hospedeiro, um processo conhecido por parasitismo.
O efeito de um parasita no hospedeiro pode ser mínimo, sem lhe afectar as funções vitais, ou poder causar a sua morte. Neste caso extremo, o parasita normalmente morre com o seu hospedeiro.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Sweet Dreams (tradução)
Marilyn Manson

Composição: Annie Lennox
.
Doce sonhos
Doces sonhos são feitos disso
Quem sou eu pra desacreditar?
Viajando o mundo e os sete mares
Todos estão procurando por algo
Alguns deles querem te usar
Alguns deles querem ser usados por você
Alguns deles querem abusar de você
Alguns deles querem ser abusados por você

.
Doces sonhos são feitos disso
Quem sou eu pra desacreditar?
Viajando o mundo e os sete mares
Todos estão procurando por algo
Alguns deles querem te usar
Alguns deles querem ser usados por você
Alguns deles querem abusar de você
Alguns deles querem ser abusados por você
.
Eu quero usar você
E abusar de você
Eu quero saber o que dentro de você

.
Mexa-se
Mexa-se
Mexa-se
Mexa-se
Mexa-se
Mexa-se
Mexa-se!

.
Doces sonhos produzem isso
Quem sou eu pra desacreditar?
Viajando o mundo e os sete mares
Todos estão procurando por algo
Alguns deles querem te usar
Alguns deles querem ser usados por você
Alguns deles querem abusar de você
Alguns deles querem ser abusados por você
.
Eu quero usar você
E abusar de você
Eu quero saber o que dentro de você
.
Eu quero usar você
E abusar você
Eu quero saber o que há dentro de você
.
.
________________________________________
.
.
Definitivamente dentro de cada pessoa existe um parasita. Mais cedo ou mais tarde vc acaba descobrindo que tipo de parasitose exerce e de quais parasitas está cercado, mas nunca vão deixar de existir. Estão alí, por toda parte, com sorrisinhos falsos e amizades intereceiras ou simplesmente sugando sua energia positiva. Existem os parasitas do bem, que "pousam" no hospederio com a finalidade de aprender e se tornarem futuros hospedeiros.
Você conhece algum parasita? Alguém que "pousou" nas tuas costas e foi carregado por muito tempo e quanto não precisou mais saiu voando em busca de outro hospedeiro?
Todo mundo tem, né?
Hoje não me aconteceu nada relacionado à esse tipo de apropriação indevida do meu "sangue", mas estava gravando um cd de rock e baixei essa regravação do Marylin Manson e analisando a tradução, vi que daria perfeitamente uma metáfora para o parasitismo humano.
Bom domingo pra todos e boa semana também...essa semana vai ser tudibom, aqui é feriado quarta, aniversário da cidade, então só trabalho segunda e terça.
Acaba não, mundão! hehehehe

sábado, 15 de março de 2008

MEME

Vi isto nas minhas andanças pela net e resolvi brincar. Segue um Meme, que abaixo indico a 5 blogs que adoro, para que postem em seus blogs com a resposta, indicando assim mais 5 blogs. Quem vier comentar, por favor, responda nos comentários tb! Bom domingo.

.
.
Se eu fosse um mês seria... OUTUBRO
Se eu fosse um número seria...7
Se eu fosse um planeta seria...SATURNO
Se eu fosse uma direção seria...LESTE
Se eu fosse um móvel seria...CAMA
Se eu fosse um líquido seria...ÁGUA
Se eu fosse um pecado seria... VAIDADE
Se eu fosse uma pedra seria...QUARTZO ROSA (a pedra do amor)
Se eu fosse um metal seria...AÇO
Se eu fosse uma árvore seria...EUCALIPTO
Se eu fosse fruta seria...MORANGO (pq acho sensual)
Se eu fosse flor seria...GIRASSOL
Se eu fosse um clima seria...QUENTE
Se eu fosse um instrumento musical seria...BAIXO
Se eu fosse um elemento seria...FOGO
Se eu fosse uma cor seria... VERMELHO
Se eu fosse um animal seria...ÁGUIA
Se eu fosse um som seria...DAQUELES MENSAGEIROS DO VENTO
Se eu fosse uma letra de música seria...MALANDRAGEM (Cássia Eller)
Se eu fosse uma canção seria...POÉTICA
Se eu fosse um estilo de música seria...HARD ROCK
Se eu fosse um perfume seria...ANGEL
Se eu fosse um sentimento seria... PAIXÃO
Se eu fosse um livro seria... CYRANO DE BERGERÁC (Edmond Rostand)
Se eu fosse uma comida seria...ÁRABE
Se eu fosse uma cidade seria...MANAUS
Se eu fosse um gosto seria... DOCE
Se eu fosse um cheiro seria... CHEIRINHO DE BEBÊ
Se eu fosse uma palavra seria...OUSADIA
Se eu fosse um verbo seria...LUTAR
Se eu fosse um objeto seria... COMPUTADOR
Se eu fosse uma roupa seria...VESTIDO
Se eu fosse uma parte do corpo seria...CÉREBRO
Se eu fosse uma expressão seria...OLHAR
Se eu fosse um personagem de desenho animado seria...DORY (DO NEMO)
Se eu fosse um filme seria...COMÉDIA ROMÂNTICA
Se eu fosse forma seria... CÍRCULO (pq como diz no filme "Eu vos declaro Marido e Larry, o círculo não tem começo nem fim)
Se eu fosse uma estação seria... INVERNO
Se eu fosse uma frase seria... "TUDO VALE A PENA SE A ALMA NÃO É PEQUENA (Fernando Pessoa)."
.
.
.

BLOGS INDICADOS AO MEME
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

BLÁ BLÁ BLÁ de final de semana

Pra esse sábadão chuvoso e frio, atípico do verão brasileiro e principalmente da cidade em que vivo (São José do Rio Preto/sp) que é extremamente quente, resolvi não postar reflexões, utilidades públicas ou notícias cotidianas. Vou postar umas coisas malucas que a gente sempre ouve falar. Divirtam-se e bom sábado!
...
Os mais famosos mitos urbanos
.
Gangue do palhaço
A lenda: Ao que consta, uma Kombi dirigida por um palhaço e uma bailarina era vista rondando as saídas de colégio em busca de alunos inocentes. O infante era atraído para dentro do veículo e tinha seus órgãos extirpados para serem vendidos.
.
Mistério insolúvel: Como uma Kombi dirigida por um palhaço e uma bailarina passa despercebida bem na hora mais movimentada da escola?
.
Bonecos Assassinos
A lenda: Os brinquedos feitos à imagem e semelhança de Xuxa eram perigosíssimos. A menor arranhava as crianças à noite. A maior as enforcava com seus longos braços e pernas! Já o boneco do Fofão, da Turma do Balão Mágico, trazia uma faca e uma vela dentro do estofo. Prova de pacto com o demo.
.
Mistérios insolúveis: Como a boneca arranhava crianças se não tinha unhas? Para que rechear o Fofão com objetos pontiagudos se o boneco já era suficientemente assustador e demoníaco?
.
Numa banheira de gelo
A lenda: Um jovem é convidado por uma desconhecida para uma festa. Depois de se drogar, ele apaga. Acorda no dia seguinte, nu e deitado numa banheira cheia de gelo. Ao ligar para a emergência, constata-se que seus rins haviam sido usurpados. A festa era uma emboscada.
.
Mistério insolúvel: Como sobreviver a horas em uma banheira com gelo?
.
Pipoca com cocaína
A lenda: Artimanha de traficantes ávidos por nova clientela, eles salpicavam a pipoca vendida nas portas das escolas com cocaína, em vez do tradicional sal. A ingestão da substância ilegal faria com que o petiz, enroscado na armadilha do vício, voltasse a comprar pipoca sempre do mesmo vendedor. E cada vez mais!
.
Mistério insolúvel: O lucro do pipoqueiro seria suficiente para comprar quilos de cocaína?
.
Tatuagens de LSD
A lenda: Após a apreensão nos EUA, em 1980, de 4 mil cartelas de ácido lisérgico com a cara de Mickey Mouse, a história diz que traficantes vendiam transfers com desenhos infantis nas portas das escolas - mas as figuras viriam, digamos, "batizadas".
.
Mistério insolúvel: Uma tatuagem com LSD não ficaria cara demais para comercializar em porta de escola?
.
Homem do Saco
A lenda: Versão moderna do bicho- papão. Trata-se de um transeunte que leva um suspeito saco nas costas, destinado a esconder as crianças roubadas por ele. O que ele fazia com tanta criança? Vendia, diziam uns. Ou simplesmente continuava a andar carregando um peso extra.
.
Mistério insolúvel: Por que as crianças simplesmente não esperneavam e gritavam por socorro?
.
Loira do Banheiro
A lenda: Uma garota loira matava aula no banheiro da escola quando escorregou, bateu a cabeça e morreu. Inconformado, seu espírito continua a freqüentar banheiros de colégios. Ela pode ser invocada pela repetição do seu nome e aparece para os alunos com bolotas de algodão enfiadas no nariz, a fim de estancar o sangue. Brrrrrr!
.
Mistério insolúvel: Se era apenas um espírito, como aparecia em banheiros de todos os colégios do Brasil?
.
Músicas satânicas
A lenda: Se rodadas ao contrário na vitrola, músicas de Xuxa e Menudo trazem mensagens ocultas. O refrão de "Doce Mel", que abria o programa da loira, traz a repetição da palavra "sangue". Já o hit oitentista "Não se Reprima", maior sucesso do grupo porto-riquenho, revela a terrível mensagem "Satanás vive".
.
Mistério insolúvel: Não bastava ouvir esses discos de cabo a rabo, como a gente ainda tinha paciência para ouvi-los ao contrário?
.
...
CIENTISTAS DERRUBAM VÁRIOS MITOS E CRENÇAS POPULARES
(Tirado do jornal: JORNAL DO BRASIL do dia 22/12/2007)
.
Cientistas americanos afirmaram que vários mitos de crença popular -comuns nos EUA e em outros países- não podem ser comprovados com evidências científicas.
.
Os benefícios de beber oito copos de água por dia, os males causados pela leitura em ambiente mal iluminado, o "macabro" crescimento de unhas e cabelo em defuntos e até um mal estar causado pela ingestão de peru, por enquanto, estão fora de cogitação.
.
Outras "teorias", como a de que o homem usa apenas 10% do cérebro, também foram averiguadas por pesquisadores da Universidade Escola de Medicina de Indiana, em Indianápolis, assim como a crença de que raspar os pêlos faz eles crescerem mais grossos e em maior quantidade.
.
Só água não basta
.
Os resultados foram publicados em revista científica British Medical Journal e sugerem que essas crenças são falsas ou não contam com evidências suficientes para serem comprovadas cientificamente. Em relação a beber oito copos de água por dia, os estudos sugerem que o consumo adequado de líquidos é alcançado pela ingestão de sucos de fruta, leite, café e chá.
.
A crença de que apenas usamos apenas 10% do cérebro também não se confirmou. De acordo com a pesquisa, não há nenhuma parte do cérebro totalmente inativa.
.
Sobre a teoria de que cabelos e unhas continuam crescendo em defuntos, tudo pode não passar de ilusão de ótica, devido à retração da pele depois da morte. O crescimento de pêlos e unhas necessitaria de uma complexa interação hormonal - inexistente nos mortos.
.
Pêlos
.
Outro mito seria o de raspar os pêlos faz com que cresçam mais rápido, mais escuros e mais grossos.Na explicação dos especialistas, ao ser raspado, o pêlo perde a ponta fina que tem antes e ser barbeado, nascendo mais espesso.
.
A advertência de que ler com pouca luz prejudica a visão também é questionada. Os cientistas alegam que, no passado, as condições de iluminação seriam piores que hoje, apesar de, atualmente, haver mais casos de miopia.
.
Comer peru não provoca peso no estômago nem causa sonolênica, segundo a pesquisa. Um aminoácido presente na ave que causaria o sono, é encontrado no frango, no porco e no queijo...

quinta-feira, 13 de março de 2008

AS PESSOAS QUE PASSAM POR NÓS!

PRESTE ATENÇÃO AO QUE VOCÊ VAI LER!!!
DEPOIS DE LER, VOCÊ VAI SABER A RAZÃO PELA QUAL ESTOU POSTANDO ISTO.
.
PESSOAS ENTRAM EM NOSSAS VIDAS,
POR UMA RAZÃO,
POR UMA ESTAÇÃO
OU
POR UMA VIDA INTEIRA.
.
QUANDO PERCEBERMOS
QUAL MOTIVO É,
SABEREMOS O QUE FAZER COM CADA UMA DESSAS PESSOAS.
.
QUANDO ALGUÉM ESTÁ EM NOSSAS VIDAS POR UMA RAZÃO ...
... É, GERALMENTE, PARA SUPRIR UMA NECESSIDADE QUE DEMONSTRAMOS.
.
ELAS VÊM PARA AUXILIAR EM UMA DIFICULDADE, FORNECER APOIO E ORIENTAÇÃO, AJUDAR FÍSICA, EMOCIAL OU ESPIRITUALMENTE.
.
ELAS PODERÃO PARECER DÁDIVAS DE DEUS,
E SÃO!!!
.
ELAS ESTÃO POIS PRECISAMOS QUE ESTEJAM LÁ.
ENTÃO, SEM NENHUMA ATITUDE ERRADA DE NOSSA PARTE OU EM UMA HORA INCONVENIENTE, ESTA PESSOA VAI DIZER OU FAZER ALGUMA COISA PARA LEVAR ESSA RELAÇÃO A UM FIM.
.
ÀS VEZES, ESSAS PESSOAS MORREM.
ÀS VEZES, ELAS SIMPLESMENTE SE VÃO.
ÀS VEZES, ELAS AGEM E NOS FORÇAM A TOMAR UMA POSIÇÃO.
.
O QUE DEVEMOS ENTENDER É QUE NOSSAS NECESSIDADES FORAM ATENDIDAS, NOSSOS DESEJOS PREENCHIDOS E OS TRABALHOS DELAS FEITOS.
NOSSAS ORAÇÕES FORAM ATENDIDAS. AGORA, É TEMPO DE IR.
.
QUANDO PESSOAS ENTRAM EM NOSSAS VIDAS POR UMA ESTAÇÃO ...
... É PORQUE CHEGOU SUA VEZ DE DIVIDIR, CRESCER E APRENDER.
.
ELAS TRAZEM PARA NÓS A EXPERIÊNCIA DA PAZ,
OU NOS FAZEM SIMPLESMENTE SORRIR.
.
PODERÃO ENSINAR ALGO QUE VOCÊ NUNCA FEZ.
ELAS, GERALMENTE, DÃO UMA QUANTIDADE ENORME DE PRAZER.
ACREDITEM!!!
É REAL!!!
MAS, SOMENTE, POR UMA ESTAÇÃO.
.
RELACIONAMENTOS DE UMA VIDA INTEIRA ...
... ENSINAM LIÇÕES PARA A VIDA INTEIRA. COISAS QUE DEVEMOS CONSTRUIR PARA TER UMA FORMAÇÃO EMOCIONAL SÓLIDA.
.
NOSSA TAREFA É ACEITAR A LIÇÃO, AMAR A PESSOA E COLOCAR O QUE APRENDEMOS EM USO, EM TODOS OS OUTROS RELACIONAMENTOS E ÁREAS DE NOSSAS VIDAS.
.
É DITO QUE O AMOR É CEGO, MAS A AMIZADE É CLARIVIDENTE.
.
POR ESTE MOTIVO, AGRADEÇO A CADA ANJO QUE, DIRETA OU INDIRETAMENTE, FAZ PARTE DE MINHA VIDA TENTANDO ME AJUDAR E SOBREVIVER A ESTE MUNDO MUITAS VEZES CÃO, CHEIO DE PESSOAS DISSIMULADAS E INVEJOSAS, MAS REPLETO DE BONDADE ONDE MENOS SE ESPERA.
.
AGORA, PARE AQUI ...
... E SIMPLESMENTE SORRIA.
.
.
____________________________________
.
.
"Aqueles que passam por nós não vão sós, não nos deixam sós.Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós." (Saint-Exupéry)

terça-feira, 11 de março de 2008

UTILIDADE PÚBLICA

Pode ser que já estejam "carecas" de saber esse tipo de coisas, mas a gente pensa que nunca acontecerá conosco e acabamos nos descuidando em relação a assaltos e mesmo com tantos alertas, vira e mexe vemos na tv pessoas q morreram ao reagir a assaltos. Por isso, sempre vale a pena ler textos informativos da polícia. Olhem esse:
______________________________________
** PRINCIPAIS TRECHOS DA ENTREVISTA DE UM LADRÃO DE CARROS**
______________________________________
.
PERÍODO PREFERIDO
'Prefiro furtar de manhã. É quando todo mundo está com menos cuidado com as coisas'.
.
TRAVAS
'Travas segredos e alarmes são ridículos. Antigamente, alugava um carro para estudar como funcionava. Hoje nem faço isso'.
.
DESMANCHE
'Nunca desmontei carro. Odeio sujar a mão. Sempre trabalhei sozinho, por encomenda. Já entrei em Concessionária, de terno, para ver o endereço e para onde iria o carro, ficava de campana (vigiando) e roubava. Já roubei muito carro que o pessoal da Concessionária me entregou'.
.
BUSCA
'Para quem tem o carro furtado, o ideal é procurar num raio de três quilômetros da vizinhança, pelas ruas menores, menos movimentadas'.
.
DESTINO DOS CARROS
'Este negócio de Paraguai é lenda. Ninguém vai levar carro roubado para lá. No Paraguai, o máximo que acontece é gente que entrega a uma pessoa, ela leva o carro até lá, vende no mercado negro e manda chave e documento de volta para ele dar a queixa de roubo. E são poucos.. O mais comum é o carro ir para o interior, onde não há fiscalização. Boa parte dos carros é cortada por ferros velhos. Aqui no Rio são todos na Dutra. Mas hoje em dia 50% das comunicações são falsas. Quase tudo é golpe na seguradora'.
.
ENCOMENDAS
'Eu tinha encomenda para o resto da vida. Mas se disser quem é me complico. É melhor ser um preso vivo, que um morto em liberdade'.
.
TRÁFICO
'Esses roubos armados estão sendo feitos por pessoas que estavam no tráfico de drogas ou em quadrilhas que, por algum motivo, foram para o roubo de carro. Acho que foi porque a Polícia está dando em cima nestes crimes, porque não está fácil passar carro roubado. O mercado está concorrido'.
.
CARRO ROUBADO
'Já tive carro roubado. Nem procurei. Roubei outro e fiz um duble na hora'.
.
CONSELHOS
'Se a pessoa não quiser ter o carro furtado, não deixe nada dentro visível. Na minha mente doente, sempre acho que tem dinheiro, ouro, jóia, ali. Não equipe muito o carro, porque assim se ganha mais dinheiro. Além de vender o carro, ainda vendo os acessórios. Não coloque em rua calma demais'.
.
PREÇO
'Numa Blazer do ano, paga-se R$ 10.000,00, se você vender no interior.
Se Você passar para um atravessador, fica com uns R$ 4.000,00 ou R$ 5.000,00..
Quando não dá para passar, algumas pessoas fazem o golpe com a Recuperadora.
O ladrão fica com 3,5%, o recuperador com 3,5%, a Empresa com 3%, dos 10%, que a Seguradora paga'
.
JUSTIÇA
'Meu crime é igual a roubar uma carteira de uma bolsa. Vou ficar preso por um tempo, uns dois anos, mas vou sair. Infelizmente a justiça é assim'.
.
PROFISSIONAIS
'No Rio só existe uns dez profissionais no furto. São pessoas comuns, que vivem disso. Hoje sou mais uma lenda, mas já furtei seis carros por dia'.
.
DOM
'O furto é cara de pau. A pessoa não pode vacilar. Levo dez segundos para entrar no carro e ninguém percebe. Tenho dom'.
.
DESAFIO
'Se um fabricante quiser, coloca um carro aqui no pátio (da Delegacia) e, se eu não abrir, faço propaganda da Empresa dele, dizendo que a trava de segurança funciona. As montadoras fazem códigos para vender carros mais caros, mas os delas são os mais fáceis de furtar. A melhor coisa a fazer é ter Seguro'.
.
AUTOCONFIANÇA
'Não existe carro que eu não roube. Motor não tem vontade própria e não ama o dono. Se você der energia e combustível, ele vai andar'.
.
COMENTÁRIO
Não deveria existir bandido que não recebesse sua pena... Mas...'se der energia e combustível, ele vai andar'. Damos essa energia, esse combustível... Pense nisso...
.
___________________________________________
UM ALERTA. PRESTE MUITA ATENÇÃO!
Algumas medidas que devem se incorporadas no dia-a-dia:
  • Não anotar telefone residencial no verso de cheques, especialmente em postos de gasolina. No caso de assalto ao posto, as informações pessoais podem ser usadas para ameaças, especialmente contra mulheres. Anote sempre o telefone comercial.
  • Não exibir currículo no carro, como: adesivo de faculdade, do condomínio onde reside (adesivos como: Eu amo Ubatuba), da academia de ginastica, etc. Um extorsionário deduz desses sinais a vida de pessoa e os usa para fazer ameaças.
  • Evitar compras por telefone ou Internet fornecendo o número do cartão de crédito, peça boleto bancário..
  • O ladrão prefere pessoas desatentas, aproveita-se do elemento surpresa. O objetivo do ladrão é patrimonial e não pessoal, escolhe as vitimas pelo fator comportamental.
  • Jamais reagir, só em filmes dá certo. O elemento surpresa é favorável ao bandido, que nunca está sozinho e não tem nada a perder.
  • Manter distância segura do carro da frente, para poder sair numa só manobra, sem bater. Distância segura é poder enxergar pelo menos parte do pneu do carro da frente. O risco de morrer em roubo de farol é absurdamente maior do que num seqüestro. Nessa situação mantenha as mãos no volante e tente comunicar-se, indicando claramente o que vai fazer: .Se for tirar o cinto - Vou tirar o cinto com esta mão, posso? · Se pedir a carteira - A carteira está no bolso de trás (ou dentro da bolsa), posso pegar?
  • À noite, calcule tempo e velocidade para evitar parar num farol vermelho. Não há registro de assalto com carro em movimento...

DIVULGUEM, ISTO É MUITO IMPORTANTE!
Instituto de Criminalística Afrânio Peixoto - ICAP Departamento de Polícia Técnica