BlogBlogs.Com.Br

sábado, 16 de fevereiro de 2008

A EVOLUÇÃO DO ENSINO DA MATEMÁTICA NO BRASIL*


Uma pessoa foi a uma loja e comprou um produto que custou R$ 1,58. Dei à balconista R$ 2,00 e pegou na bolsa 8 centavos, para evitar receber ainda mais moedas. A balconista pegou o dinheiro e ficou olhando para a máquina registradora, aparentemente sem saber o que fazer. O cliente tentou explicar que ela tinha que me dar 50 centavos de troco, mas ela não se convenceu e chamou o gerente para ajudá-la. Ficou com lágrimas nos olhos enquanto o gerente tentava explicar e ela aparentemente continuava sem entender. Por que a pessoa mandou esse e-mail contando isso? Porque se deu conta da evolução do ensino de matemática desde 1950, que foi assim:

*1. Ensino de matemática em 1950:*
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção desse carro de lenha é igual a 4/5 do preço de venda. Qual é o lucro?

*2. Ensino de matemática em 1970:*
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção desse carro de lenha é igual a 4/5 do preço de venda ou R$ 80,00. Qual é o lucro?

*3. Ensino de matemática em 1980:*
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção desse carro de lenha é R$ 80,00. Qual é o lucro?

*4. Ensino de matemática em 1990:*
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção desse carro de lenha é R$ 80,00. Escolha a resposta certa, que indica o lucro:
( )R$ 20,00 ( )R$40,00 ( )R$60,00 ( )R$80,00 ( )R$100,00

*5. Ensino de matemática em 2000:*
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção desse carro de lenha é R$ 80,00. O lucro é de R$ 20,00. Está certo?
( )SIM ( ) NÃO

*6. Ensino de matemática em 2007:*
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$100,00 O custo de produção é R$ 80,00. Se você souber ler, coloque um X no R$ 20,00.
( )R$ 20,00 ( )R$40,00 ( )R$60,00 ( )R$80,00 ( )R$100,00
_________________________________________________________

Não retrata bem a realidade de hoje??? Infelizmente há um certo "relaxo" no ensino e também uma preguiça mental por conta dos estudantes. Muita coisa mudou e não pra melhor, pra pior.
Hoje vc não repete mais o ano na escola, existe progressão continuada, existem milhões de recuperações e vão fazendo de tudo até que o aluno passe, não importa que ele vire uma "ameba" ambulante.
Sei que como professora, não devia expôr este tipo de comentário que desfavorece a classe, mas é a mais pura realidade. Sempre trabalhei com educação infantil, que na minha visão é a base de tudo, mas se um dia passar para o Ensino Fundamental, vou ter um confronto de idéias com a escola ao ter que passar um aluno que simplesmente não sabe nada, só para ele não ficar atrasado em relação à crianças de sua idade.
Mas o pior de tudo é saber que parte deste "benefício" de quase não se reprovar alunos, é uma idéia vinda de um governo (não deste, de todos, afinal isso favorece a política) que busca cidadãos "analfabetos-letrados" ou mesmo os analfabetos funcionais, que lêem e não sabem interpretar o que estão lendo, pois é mais fácil ter eleitores que se corrompam com palavras bonitas, dentaturas, cestas-básicas e outros brindes eleitorais do que convencer cidadãos pensantes e ativos nas idéias, formadores de opinião.
Então, que venham gerações cada vez mais ignorantes, isso faz bem para a política!

3 Comments:

Arne Balbinotti said...

Ótima instrução matemática... e realmente, o ensino de hoje em dia tá uma m#$@&.
Fazer o que né, o povo gosta assim, tem bolsa de tudo quanto é tamanho, e quanto mais filhos mais bolsas, então para que estudar, para que ser alguém...
Beijos feiticeira linda.

Arne Balbinotti said...

Tem "MEME pro c" lá na Butique...

Cláudio Apolinário said...

como professor só posso afirmar uma coisa: a educação pública no Brasil não existe! são raras as de boa qualidade!